História e carreira do tenista brasileiro Rafael Matos

Tenis / 28 agosto, 2023

O tênis brasileiro é repleto de grandes nomes em sua história, sendo os maiores Maria Esther Bueno e Gustavo Kuerten, o Guga. São nomes que levaram as cores do Brasil diversas vezes ao lugar mais alto do pódio nos torneios de Grand Slam e garantiram ótimos resultados a quem gosta de apostar em tênis.

O que muita gente não sabe é que além do esporte individual, o tênis em duplas também representa muito bem o Brasil na história do esporte, acrescentando a essa lista nomes como Bruno Soares, Marcelo Melo e Thomaz Koch. Entre os homens, ninguém chama mais a atenção atualmente do que Rafael Matos, de quem falaremos aqui.

Temas

Quem é e onde nasceu Rafael Matos?Carreira profissional e prêmios de Rafael MatosATP Challenger TourAberto da Austrália: Rafael Matos e Luisa StefaniEstatísticas do tenista Rafael MatosRafael Matos: próximos torneiosQuem é e onde nasceu Rafael Matos?

Rafael Matos é um gaúcho que nasceu no dia 6 de janeiro de 1996 na capital do RS. E agora, aos 27 anos, é um dos principais nomes do esporte no Brasil depois de conquistar, no início do ano, o título do Australian Open nas duplas mistas.

Matos começou a jogar tênis em 2002, quando tinha apenas 6 anos, e por alguns anos chegou a dividir as atenções de sua carreira entre os jogos de duplas e os jogos de simples do tênis mundial.

Atualmente, o gaúcho mantém o foco de sua carreira apenas nos jogos de duplas e, antes do início do US Open 2023, ocupava a 48º posição do ranking de duplas da ATP.

Carreira profissional e prêmios de Rafael Matos

O brasileiro Rafael Matos começou a jogar tênis no circuito ainda como juvenil, em 2012, e em 2014 já ficou com o vice-campeonato de duplas masculinas do US Open, ao lado do também brasileiro João Menezes.

Em 2017, conseguiu o seu primeiro e, até agora, único título jogando um torneio de simples, no Spain F14 Futures, em Vic, na Espanha. O torneio faz parte da série ITF Futures, considerado como uma porta de entrada para o circuito da ATP, outro que está na lista dos melhores torneios do tênis mundial.

Mais:  Quem é Thiago Wild? Conheça sua história

Em 2019, o tenista fez a sua estreia na fase principal do Brasil Open, torneio da Série ATP 250. O primeiro título da ATP em duplas veio dois anos depois, no ATP 250 de Córdoba, na Colômbia, ao lado de Felipe Meligeni.

Atualmente Rafael Matos tem 6 títulos em nível ATP, todos eles jogando em duplas.

ATP Challenger Tour

Os torneios da série ATP Challenger Tour são um nível intermediário entre os maiores torneios da ATP e os torneios Future da ITF, a federação internacional de tênis.

Já nesse nível de competição, Rafael Matos mostrava todo o seu potencial para o futuro. Entre os anos de 2019 e 2022, o jogador conquistou 11 títulos nesse nível. Na tabela abaixo ilustramos quais títulos são esses.

Torneio Data Parceiro
ATP Challenger Campinas – Brasil Outubro de 2019 Orlando Luz
ATP Challenger Punta del Este – Uruguai Janeiro de 2020 Orlando Luz
ATP Challenger Iasi – Romênia Setembro de 2020 João Menezes
ATP Challenger Concepcion – Chile Fevereiro de 2021 Orlando Luz
ATP Challenger Tallahassee – EUA Abril de 2021 Orlando Luz
ATP Challenger Cordenons – Itália Agosto de 2021 Orlando Luz
ATP Challenger Como – Itália Agosto de 2021 Felipe Meligeni
ATP Challenger Montevideo – Uruguai Novembro de 2021 Felipe Meligeni
ATP Challenger Campinas – Brasil Novembro de 2021 Felipe Meligeni
ATP Challenger Rio de Janeiro – Brasil Dezembro de 2021 Orlando Luz
ATP Challenger Bordeaux – França Maio de 2022 David Vega Hernández

Aberto da Austrália: Rafael Matos e Luisa Stefani

Cabe lembrar, porém, que entre todos os resultados da carreira de Rafael Matos, nenhum se compara ao título do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada de 2023, conquistado junto com a também brasileira Luisa Stefani.

Apesar de não ser o primeiro título de brasileiros em torneios Grand Slam de duplas, foi a primeira vez na história que uma dupla 100% brasileira conquistou o título.

Mais:  Atlético Mineiro x Corinthians se enfrentam no Brasileirão série A

Luisa Stefani também é uma grande promessa do tênis feminino atualmente. Jogando com Laura Pigossi, a paulista de 26 anos conquistou a medalha de bronze nos jogos olímpicos de 2020 em Tóquio.

Com isso, Luísa foi a primeira tenista na era aberta do tênis a chegar no top 10 do ranking de duplas da WTA.

Estatísticas do tenista Rafael Matos

Entre as duplas, Rafael Matos alcançou em 2022 uma das melhores temporadas de sua carreira, conquistando 6 títulos no total. O número fica atrás apenas de 2021, quando conquistou 8 troféus.

O jogador disputou no último ano 70 jogos, com 47 vitórias e 23 derrotas. Dessa forma, conseguiu o melhor ranking de sua carreira: 27.

Nas duplas mistas, o único título de Rafael Matos é justamente o do Australian Open 2023.

Rafael Matos: próximos torneios

Após uma temporada que já tem tudo para ser histórica para Rafael Matos, quem está se preparando para apostar no US Open, deve ficar de olho no brasileiro e nas opções lucrativas que suas partidas podem oferecer. Matos será um dos participantes brasileiros do US Open, quarto e último Grand Slam de 2023, tentando nos Estados Unidos conquistar o segundo título do ano para continuar fazendo história no tênis brasileiro.

+300
+500
+1200
+1500
+750
$